Como fidelizar clientes na advocacia com marketing jurídico?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A fidelização de clientes é essencial para o desenvolvimento de qualquer escritório de advocacia, não é mesmo? Contudo, sabemos que como o mercado se encontra cada vez mais competitivo, essa não é uma tarefa nada fácil e, nesse caso, o marketing jurídico é fundamental.

Investir em marketing jurídico está se tornando cada vez mais necessário, já que as relações entre clientes e profissionais vão se transformando de forma relevante a cada dia e renovar é preciso, até mesmo por que a área jurídica é uma das mais tradicionais.

Porém, esse tipo de marketing contém diversas restrições estabelecidas pelo Código de Ética e Disciplina da OAB, então, é preciso que você esteja muito atento a esse serviço para evitar grandes problemas.

Neste texto, vamos mostrar para você como o marketing jurídico pode te ajudar a fidelizar clientes e quais os benefícios ele pode trazer para o seu escritório. Confira!

Qual é a importância do marketing jurídico?

O marketing jurídico é o marketing dedicado para a área do direito. Por mais que sempre existem pessoas buscando por ajuda legal para a resoluções dos seus problemas e conflitos, é necessário que seu escritório busque os meios existentes para ser reconhecido por essas pessoas e assim não ficar para trás. Entre as vantagens oferecidas pelo marketing jurídico podemos destacar:

  • maior competividade no mercado;

  • ganho de notoriedade;

  • aumento da credibilidade;

  • exibição dos serviços prestados;

  • foco nas atividades exercidas;

  • fidelização dos clientes.

Ou seja, é a estratégia ideal para quem deseja se destacar no mundo jurídico e procura a fidelização e atração de clientes.

Por que fidelizar os clientes atuais é importante?

A importância dos clientes antigos se deve ao fato de ser mais fácil conservá-los do que conseguir leads. Por isso, é essencial focar o marketing jurídico na fidelização e retenção deles, pois manter os que já conhecem a sua marca pode trazer um retorno muito bom para o êxito do seu escritório.

Lembre-se que clientes satisfeitos vão te indicar para outras pessoas — e não existe propaganda melhor do que essa! Portanto, primeiramente busque reter a sua base atual, para depois se preocupar em atrair os novos.

O que não é permitido no marketing jurídico?

Como já dissemos, a OAB restringiu o uso do marketing jurídico para a promoção dos serviços advocatícios a fim de manter a credibilidade e ordem da profissão, entre elas estão:

  • fazer propagandas em televisão ou rádio;

  • Apresentar os serviços em eventos incomuns ao ramo jurídico;

  • publicar o valor cobrado pelos seus serviços;

  • fornecer consultas gratuitas por meio de canais digitais;

  • utilizar fotografias dos prédios dos tribunais nos anúncios;

  • faltar com moderação e discrição ao fazer os anúncios.

Como realizar um marketing jurídico eficaz?

Elabore um planejamento inicial

O planejamento deve conter informações que vão nortear o marketing jurídico, entre elas devem constar: qual é a área de atuação do escritório, qual é o perfil de cliente que deve ser alcançado, as técnicas de negócios, quais serão as ações de marketing que vão ser utilizadas, os resultados que deverão ser atingidos etc.

Esse planejamento servirá de embasamento para saber por onde o marketing deve ser começar e como fazer para que o objetivo seja atingido.

Publique conteúdos jurídicos

Hoje o meio mais utilizado para tirar dúvidas das pessoas é a internet. Por isso, aproveite essa oportunidade para escrever e divulgar conteúdos que sejam uteis para as pessoas, pois eles poderão ser seus futuros clientes.

Publicando esses artigos com uma certa frequência, você se tornará referência no assunto pelo qual demonstra entender e dominar.

Isso te ajudará muito na fidelização dos clientes que você já possui e a conseguir novos. Criar um blog específico para a publicação dos conteúdos é o mais indicado.

Utilize as redes sociais

Os anúncios no Google e nas redes sociais não são proibidos pela OAB e esses canais podem se tornar excelentes oportunidades para conseguir visitas para as suas páginas online.

Utilizar o Facebook, Instagram, Linkedin e outras páginas também é uma ótima maneira de divulgar seu escritório, expor seu perfil profissional e conseguir parcerias.

Participe de eventos jurídicos

Veja os eventos jurídicos como oportunidades para promover seu escritório e os serviços oferecidos.

De preferência procure uma chance de fazer palestras, pois, por meio delas será possível que você demonstre seus conhecimentos, aumentando sua credibilidade.

Aposte no visual do seu escritório

Cuidar do visual é fundamental para o advogado ou seu escritório. Tenha um logotipo interessante e relativo à área.

Preze também pelos cartões de visita, papel timbrado, na aparência física, entre outros. Os detalhes devem ser bem elaborados para causar boa impressão.

Crie um site para o escritório de advocacia

O site é uma ferramenta substancial para oferecer as informações que os clientes buscam, pois, normalmente é o local que primeiro será visitado pelo possível cliente.

O site deve conter conteúdos relevantes para o público, atuais, que você domine e possa falar com propriedade e que motive a procura por novos conteúdos.

Não esqueça de inserir em seu site todos os meios de contato possíveis, caso o leitor decida procurar por seus serviços.

Além de optar pelo marketing jurídico é preciso que você resolva a questão do seu cliente de forma prática, eficiente e esteja realmente motivado a ajudá-lo, dessa forma, você conquistará a confiança dele e, como consequência, sua fidelidade e indicação.

Procure também conhecer a opinião deles sobre seus serviços. Por meios dos feedbacks positivos ou negativos você consegue ter um indicativo do quanto os clientes estão satisfeitos com você, com seu trabalho e o que deve ser melhorado.

Essas opiniões podem ser expressadas por meio de pesquisas sobre a satisfação dos clientes, telefone, e-mails e demais.

Agora você já sabe como utilizar o marketing jurídico de forma inteligente na busca de destaque no mercado jurídico, é possível que por meio dele você consiga estabelecer uma boa relação com os antigos clientes e conquistar os novos. Não se esqueça de respeitar as restrições legais e seguir as nossas dicas para ter muito sucesso no seu caminho profissional.

Gostou deste texto sobre marketing jurídico? Então, compartilhe nas suas redes sociais e ajude seus amigos a também conhecerem melhor sobre o tema!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Posts mais recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência no uso do site. Ao utilizar nosso site você reconhece que está de acordo com a nossa Política de privacidade.