Gestão descentralizada: porque o seu escritório de contabilidade deveria investir neste modelo?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Um dos grandes problemas dos escritórios de contabilidade é a redução da produtividade, graças a um modelo antiquado de produção de resultados. Para melhorar essa situação e tornar a administração mais desenvolvida e integrada, a gestão descentralizada é a solução.

Quer conhecer mais sobre esse meio de gerenciamento e saber como ele reestrutura a empresa e melhora o desempenho da equipe? Leia nosso artigo e entenda como esse modelo é o melhor para a sua companhia!

O que é uma gestão descentralizada?

Para entendermos o conceito de gestão descentralizada é primordial saber o que significa uma administração centralizada. Abordar esse conceito é importante para compreender quais são os pontos diferenciais entre os dois tipos.

Na gestão centralizada, as decisões são acumuladas pelo mais alto nível hierárquico. Ou seja, as ordens, distribuição de tarefas, rumos a serem tomados, protocolo de execução do trabalho etc. são todos delineados pela diretoria do negócio.

Embora isso possa acrescentar algumas vantagens para a empresa, é um modelo prejudicado, pois as escolhas são feitas fora do foco dos problemas. Para sanar tais erros, outro sistema mais eficiente é recomendado: a gestão descentralizada.

Nessa forma de administração, todos os envolvidos no processo têm participação na solução dos ocorridos, desde a percepção de falhas até a proposição de soluções para saná-las.

Vale ressaltar que as hierarquias continuam existindo, mas seu papel é muito mais voltado para a aplicação lado a lado com os demais colaboradores, em vez de puramente autoritária e gerenciável.

Achou interessante essa nova visão para a execução do trabalho? Gostaria de saber mais sobre a implantação do modelo em seu negócio? Então, confira abaixo mais detalhes sobre a gestão descentralizada.

Quais os desafios ao implantar a gestão descentralizada?

O desafio de implantar a gestão descentralizada em sua organização está na necessidade de uma modificação profunda na estrutura do negócio, desde a cultura organizacional até o comportamento dos colaboradores.

Como nessa administração a dedicação e o empenho dos funcionários são imprescindíveis para obter bons resultados, eles devem estar alinhados e comprometidos com a visão da empresa para a qual trabalham.

Para que isso ocorra, a administração do escritório de contabilidade deve ter seus princípios bem definidos, de modo a disseminá-los e engajar seus trabalhadores na mesma direção. A reestruturação da filosofia organizacional para que essa tarefa seja possível requer grandes mudanças na rotina e no comportamento da gestão.

Quais as vantagens da gestão descentralizada para o escritório?

Afinal, por que investir e se dedicar a aplicar uma gestão descentralizada no escritório? A resposta é simples e prática: os resultados são otimizados e a produção do negócio se torna diferenciada e mais satisfatória. Quer conhecer quais são esses benefícios que alavancam os processos da administração? Confira abaixo!

Estreitamento dos laços entre gestores e colaboradores

Quando colaboradores e gestores trabalham lado a lado, os resultados produzidos são muito melhores. Como ambos estão dedicados à execução da mesma tarefa, é possível obter um melhor direcionamento para desenvolver o trabalho.

Com o gerente inserido no cotidiano do funcionário, como um parceiro, questões pontuais podem ser resolvidas facilmente. Assim, as execuções diárias passam a estar alinhadas aos objetivos finais da organização.

Para os trabalhadores, esse é um conforto que melhora seu desempenho. Como estão inseridos na equipe tanto quanto seus líderes, sentem-se parte atuante da organização. Assim, seu empenho sofre modificações benéficas para a gestão. Veja mais no próximo tópico!

Aumento da produtividade dos funcionários

É um fato conhecido da administração contemporânea que colaboradores desmotivados trabalham sem real dedicação para os resultados. Como estão desvinculados dos propósitos e objetivos do negócio, trabalham com esse espírito, prejudicando a excelência do processo.

No entanto, quando são convidados a participar efetivamente do andamento da empresa, estando inseridos nos propósitos, passam a se empenhar com envolvimento pessoal, a fim de realmente contribuir com a organização.

Sendo assim, quando é convidado a ser parte pensante e desenvolvedora da gestão, o funcionário não se sente apenas um executor automático e não trabalha só mecânica e operacionalmente. Entende que tem valor e que pode aplicar suas habilidades para gerar resultados positivos e ser considerado ao fazer isso. Muito mais esforço é adquirido, gerando mais produtividade, além de alavancar a qualidade das tarefas entregues.

Estruturas de ações estratégicas mais bem desenvolvidas

Os acontecimentos e problemas pontuais do negócio, na maioria das vezes, ocorrem longe da alta hierarquia. Embora os gestores tenham conhecimento de mercado e visão global do empreendimento, são os colaboradores que vivenciam diariamente os acontecimentos de cada setor.

Os funcionários, por exemplo, são os responsáveis pelo contato com clientes e pela identificação de erros nesse processo ou, ainda, sabem quais são as dificuldades de um sistema para emitir notas, por exemplo.

Com a participação desses profissionais na tomada das decisões e estratégias, planos pautados nas reais questões em aberto no negócio podem ser executados. Assim, melhores resultados serão obtidos a partir de melhores pontos de vista.

Maior retenção de talentos

Com os modelos atuais de negócios, manter os colaboradores que são destaque para que eles cresçam juntamente da empresa é um desafio. Os talentos geralmente acabam deixando o time para tentar novas oportunidades.

Porém, quando estão motivados em sua empresa e sabem que podem crescer por lá, terão espaço para desenvolver suas habilidades e ter seu desempenho reconhecido, acabam elegendo a organização como o lugar certo para fazer carreira.

Liderança mais efetiva

Como os líderes passam a atuar lado a lado com os colaboradores, começam entender e conhecer mais sua equipe, podendo gerenciá-la de modo mais eficiente. Assim, sua função de gerência é aprimorada, ganhando caráter mais aperfeiçoado e adequado.

Melhor alinhamento da equipe é o resultado de tal evolução. Desse modo, o caráter da liderança sofre mudanças significativas, que refletirão na disponibilidade do funcionário de conceber o direcionamento do gestor.

Para o escritório de contabilidade, a gestão descentralizada é uma ótima maneira de reduzir a baixa produtividade causada pelo isolamento dos colaboradores em atividades maçantes. Além disso, como é resultado de muitos processos passíveis de problemas, a visão dos funcionários para aprimorar a rotina da empresa é a melhor forma de otimizar os resultados obtidos.

Fica claro a mudança de paradigmas que a gestão descentralizada acrescenta para a empresa. Utilizar dessa ferramenta para sanar os problemas recorrentes do ramo da contabilidade é a maneira ideal de alavancar o escritório, tornando-o mais ágil e sem erros.

Gostou do nosso artigo? Ele ofereceu informações úteis para resolver problemas da sua administração? Compartilhe-o com amigos nas redes sociais e espalhe as vantagens da gestão descentralizada para revolucionar a estrutura dos escritórios de contabilidade!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Posts mais recentes

Deixe um comentário

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência no uso do site. Ao utilizar nosso site você reconhece que está de acordo com a nossa Política de privacidade.