Contabilidade estratégica: como essa nova tendência tem mudado o setor contábil?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Em comparação com o histórico do mercado, o setor contábil vem passando por transformações mais rápidas e frequentes na última década. Entre o avanço de tecnologias da área e mudança na atuação dos profissionais, a contabilidade estratégica ganhou espaço e relevância dentro das empresas.

Com isso, contadores passaram a ser vistos de maneira diferente pelos contratantes, ao mesmo tempo em que ganharam ainda mais importância para o funcionamento e as estratégias desses clientes. Ou seja, deixaram de ser responsáveis apenas por burocracias e centros de custos, e os resultados desse conceito contábil fizeram com que ele se tornasse uma tendência no setor — o que já é um caminho sem volta.

Então, não deixe que o seu escritório fique para trás no mercado e entenda melhor o conceito, como aplicá-lo e seus benefícios mútuos a clientes e contabilistas. Como? Basta acompanhar este guia que preparamos sobre o assunto! Boa leitura.

Conheça a contabilidade estratégica

Esse conceito de contabilidade deixa de focar totalmente a sua atuação no cumprimento de obrigações e manutenção do backoffice e foca também a gestão da empresa e as suas várias estratégias, inclusive, tendo a contabilidade gerencial como uma aliada.

Andando juntas, a contabilidade estratégica e a gerencial unem a contabilidade financeira, de custos e patrimonial em prol de uma visão analítica, com relatórios personalizados sobre a empresa. Tudo isso com vistas à qualificação do seu gerenciamento e tomada de decisões acertadas e bem embasadas em dados.

Ou seja, em vez de o contador enviar mensalmente uma cópia do balancete para uma empresa após o encerramento, por exemplo, durante todo o mês e antes disso, ele e o gestor acompanham relatórios sobre o negócio criados especialmente para avaliá-lo, independentemente da data e de esses documentos serem versões oficiais.

Um desses relatórios pode ser o fluxo de caixa, enquanto outro pode unir informações do Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE) e do Balanço Patrimonial antes de seus fechamentos oficiais.

Os contadores e escritório contábeis que atendem às empresas lidam diretamente com uma série de informações importantes sobre elas para elaborarem suas demonstrações. Portanto, são capazes de contribuir para seu o crescimento. Para isso, podem auxiliar em tarefas como:

  • análise de despesas;
  • leitura de relatórios financeiros e demonstrações contábeis;
  • planejamento tributário;
  • precificação;
  • organização societária.

Em meio a isso, além de assessorar a empresa em tais atividades gerenciais, a contabilidade estratégica auxilia no desenvolvimento, na execução e no acompanhamento de estratégias relacionadas às ações, também medindo a eficiência delas. Por exemplo, ao avaliar a precificação e os custos junto ao gestor da empresa, o contador pode ajudá-lo a ter uma previsibilidade de lucros.

No mesmo estudo do negócio, caso a projeção seja desfavorável, o contabilista pode participar na criação de um plano de ação para elevar o indicador financeiro de lucratividade, seja refazendo a precificação, seja reorganizando a estrutura de custos — dependendo do problema identificado.

Depois, para que o planejamento corra conforme o esperado e os resultados desejados sejam alcançados, o profissional contábil assessora na montagem das etapas e tarefas da estratégia, auxiliando também na definição de indicadores de desempenho que vão revelar o tamanho do sucesso obtido e em quanto tempo, com o plano desenvolvido.

Essa capacidade que a contabilidade aplicada à estratégia tem de ser agente de crescimento não se deve apenas ao fato de o contador responsável ter em mãos todos os dados relevantes dos processos operacionais, fiscais, financeiros e contábeis da empresa. Isso também se deve à intimidade que o profissional tem com a legislação e outros aspectos indiretos ligados às operações do negócio.

Mesmo assim, apenas o fato de um profissional ser contador não é o suficiente para que ele aplique a contabilidade estratégica. É preciso um bom preparo, relacionado a habilidades variadas, para que esse tipo de atuação seja feito da forma correta.

Inclusive, o escritório contábil como um todo deve adaptar-se para oferecer a aplicação desse conceito de contabilidade — mostraremos ainda neste conteúdo como fazer.

Saiba por que ela é um diferencial competitivo

Por muito tempo, a contabilidade foi considerada um mal necessário pelos empresários e gestores, pensamento que ainda persiste em parte dele. Junto a isso, existe o fato de que, antigamente, os escritórios e contadores atuavam majoritariamente na realização de registros, apuração de impostos e entrega de declarações.

Ou seja, era um trabalho que, apesar de necessário, não tinha tanta relevância no crescimento dos negócios, ficando mais restrito ao backoffice e à necessidade de dar suporte ao funcionamento deles.

Hoje, quem ainda presta apenas esses serviços não está adequado ao mercado, pois as empresas desejam que a contabilidade — como todos os outros setores — também impulsione o crescimento. Logo, oferecer a contabilidade estratégica é uma maneira de se diferenciar na competição acirrada do mercado contábil. Para um varejo com lojas físicas, vendedores são essenciais: geram faturamento e lucro.

Para o profissional contábil, oferecer a contabilidade estratégica o coloca em um patamar de relevância semelhante: além de ser necessário para o funcionamento do negócio, o ajuda no mercado de atuação e no progresso interno, aliando serviços necessários a habilidades adicionais que geram um diferencial competitivo também para a empresa contratante.

Entenda como preparar seu escritório para contabilidade estratégica

Então, você decidiu que seu escritório terá uma atuação estratégica para se adequar à tendência de mercado, diferenciar-se da concorrência e competir de maneira mais forte, mas ainda não sabe o que fazer para começar.

Realmente, aplicar a contabilidade estratégica não é algo que se faz de um dia para o outro e sem mudanças profundas na estrutura do escritório. E, mesmo para melhorar essa forma de atuação, caso já aconteça de alguma maneira, a preparação é importante. Isso porque colocar o conceito em prática sem o devido cuidado pode gerar grandes prejuízos para os clientes e perda de contratantes.

Portanto, veja agora 5 ações para capacitar seu escritório a dar apoio estratégico e gerencial aos clientes.

1. Entender a função de um controller

O controller é o profissional responsável pelo planejamento e pela controladoria de uma empresa, área que une contabilidade, finanças e gestão de maneira integrada. Entre as suas funções estão:

  • auxiliar na criação do planejamento estratégico, na execução e na medição de seu desempenho;
  • planejar o orçamento e acompanhá-lo;
  • dar suporte à tomada de decisões da gestão;
  • dirigir processos contábeis;
  • dirigir processos financeiros e integrar o departamento a outros setores;
  • consolidar dados e relatórios.

Resumidamente, é um profissional gerencial e estrategista de extrema importância no gerenciamento empresarial. Para o escritório contábil que deseja diferenciar-se no mercado, ajudando seus clientes novos e atuais em nível estratégico, entender o que um controller faz é essencial. Isso porque é exatamente esse o papel que deverá desempenhar para a gestão e para as estratégias deles.

2. Preparar a equipe para atuar gerencial e estrategicamente

O gestor de um escritório contábil não consegue atender sozinho todos os clientes quando oferece a contabilidade estratégica, pois esse é um acompanhamento que exige proximidade e frequência de comunicação entre contadores e empresas.

Portanto, mesmo que existam colaboradores destacados para cuidar diariamente do backoffice do escritório e dos clientes, também se faz necessário ter uma equipe preparada para fazer o papel de controller dos contratantes.

Tendo isso em vista, é preciso escolher os profissionais que melhor se enquadram nesse perfil, de acordo com suas características e conhecimentos, e prepará-los para lidar com as atribuições estratégicas e gerenciais, e com os clientes. Isso inclui ainda dar amplo suporte de educação continuada a eles tanto em assuntos contábeis quanto em outros, como práticas de gestão, estratégia empresarial, gestão de riscos e gestão financeira.

3. Preparar a infraestrutura tecnológica do escritório

Na contabilidade gerencial e na estratégica, tanto contadores quanto clientes não podem depender de ida e vinda de papéis, ou de arquivos em periodicidade mensal. Inclusive, as empresas não podem receber demonstrações da contabilidade e outros relatórios somente uma vez ao mês.

A informação precisa estar sempre disponível para ambos os lados, atualizada e confiável, integrando os diferentes tipos de dados acerca de um negócio na mesma plataforma.

No quesito de infraestrutura em tecnologia, também é preciso ter muita atenção quanto à estrutura de segurança da solução utilizada e oferecida aos clientes. Informação é algo muito valioso para a contabilidade estratégia e, nas mãos erradas, pode gerar grande prejuízo por conta de fraudes. Ou seja, a segurança de dados na contabilidade é imprescindível.

4. Estabelecer profissionais fixos para atenderem volumes pequenos de clientes

Participar de estratégias e da gestão de uma empresa exige proximidade e comunicação recorrente. Por isso, os profissionais do escritório não podem ser apenas atendentes ou consultores — eles precisam atuar como uma espécie de gerente de sucesso dos seus clientes.

Quanto mais um profissional tem contato com um negócio, seus dados, sua forma de funcionamento, sua gestão e seus colaboradores, mais tem conhecimento sobre eles para ajudar no dia a dia e, inclusive, fazer projeções e criar planos de ação para o futuro.

Os profissionais devem ser proativos, e não apenas reagir a problemas, reclamações e chamados de clientes. Acompanhando-os diariamente, mesmo sem entrar em contato com cada um deles todos os dias, precisam encontrar soluções preventivas e ter ideias de melhorias para apresentar aos seus atendidos. Além de ser algo necessário, isso tende a fazer os serviços prestados serem mais ágeis e de qualidade, o que é excelente para a retenção de clientes.

Quanto ao número exato de clientes atendidos por profissional, isso depende do porte deles. Quando se trata de empresas de médio e grande porte, a demanda de cada um é maior e, por isso, cada membro da equipe precisa atender menos empresas. No caso de micro e pequenas, a demanda é menor em todos os sentidos, até mesmo na interação com clientes, o que permite que cada pessoa da equipe trabalhe com mais contas.

5. Otimizar a comunicação com os clientes

Tickets de suporte e e-mails podem ser demorados para se obter respostas, além de dificultarem o entendimento de assuntos mais complexos e explicações detalhadas, e o compartilhamento de informações.

Por isso, é preciso que os clientes tenham linha direta e facilitadora com seus contadores estrategistas. Caso não seja possível fazer reuniões presenciais, como ocorre com clientes localizados em outras cidades e estados, aplicativos de chamada de vídeo podem ser a melhor forma de comunicação, como o Skype.

Essas ferramentas permitem a conversação instantânea, o compartilhamento de tela entre os participantes da conversa e a troca de quaisquer outros arquivos, de variados tipos, imediatamente.

Uma videochamada de apenas 15 minutos, com visualização e explicação de dados, pode substituir dezenas de e-mails com anexos, agilizando o atendimento e aumentando a satisfação do cliente.

Veja agora 5 vantagens da contabilidade estratégica para os clientes

Assim que seu escritório começar a oferecer a contabilidade estratégica, as 5 vantagens que citaremos agora podem ser seus principais argumentos de vendas para aquisição de novos clientes.

Eles podem conduzir mais facilmente os prospects a decidirem pela contratação, enquanto percebem o valor da aplicação desse conceito contábil nas empresas deles.

1. Mais retorno sobre investimento em serviços contábeis

Quando uma empresa paga somente por serviços contábeis tradicionais, a tendência é que isso seja visto como uma despesa, um gasto que servirá apenas para manter a burocracia rodando.

Por outro lado, se o escritório ajuda o negócio a melhorar processos e crescer sustentavelmente, seus honorários acabam sendo um investimento, pois geram retorno à empresa muito mais relevante do que apenas a manutenção das obrigações impostas pelos órgãos de fiscalização.

Por exemplo, sempre que um negócio investe em marketing, não chama o gasto de despesa, mas de investimento pelo fato de a estratégia suscitar retorno financeiro pela sua adoção. A contabilidade estratégica coloca os serviços do escritório no mesmo patamar de classificação para um gasto empresarial.

2. Melhoria na tomada de decisões

É claro que, como se espera, o gestor ou dono de uma empresa tem capacidade para tomar decisões sobre e para seu negócio. Porém, algumas decisões podem ser mais bem tomadas — dependendo menos de feeling — com a ajuda de um especialista em contabilidade.

Na avaliação para o plano de ação, o contador pode enxergar fatores indiretos que o gestor da empresa desconhece ou teria dificuldade de perceber e calcular os impactos. Ou seja, as análises são abrangentes e reduzem as chances de erros ou de consequências negativas.

3. Mais lucratividade

Pelo planejamento tributário, na análise de custos e precificação e em diversas outras interações da empresa com o escritório contábil, ela pode encontrar formas de aumentar seu lucro e deixar a estrutura de custos mais enxuta.

Obviamente, o gestor também consegue aumentar sozinho o lucro da empresa. Mas, em algumas situações e estratégias, especialmente quando envolvem tributos e legislação, a assessoria do contador estratégico faz grande diferença positiva.

Por exemplo, ao não considerar uma obrigação ou um imposto indireto na troca de um fornecedor por outro, a economia esperada pode não acontecer de fato. Nesse caso, o negócio apenas teria trabalho adicional de cadastro de fornecedor e negociação para a troca, sem o resultado esperado — uma situação que a assessoria de um contador estrategista pode evitar.

4. Ganho de conhecimento para sócios, gestores e funcionários

Aprender sempre é algo bom e edificante, e ainda melhor quando o aprendizado profissional pode ser imediatamente aplicado na prática para o bem da empresa.

Conforme as interações entre o contador e os profissionais do negócio ocorrem, em troca de ideias, sugestões, planejamento, conserto de erros e outras ações, as pessoas da empresa vão aprendendo sobre assuntos diversos e variados. Consequentemente, ficam cada vez mais qualificadas para desenvolverem suas funções e fazerem mais e melhor pelo empreendimento cliente.

5. Antecipação a fatores externos impactantes na empresa

Acompanhando a empresa e seu mercado de atuação, o contador pode antecipar os profissionais dela com insights para eles protegerem o negócio ou aproveitarem oportunidades que vão beneficiá-la. Nesse sentido, nos referimos tanto a fatores próprios do mercado de atuação dos clientes quanto de setores próximos a eles, como o cenário econômico estadual e/ou nacional.

Conheça também as 6 vantagens para os escritórios contábeis

1. Aumento no ticket médio

Claramente, se mais serviços são oferecidos, além dos tradicionais, os honorários contábeis devem ser maiores. Porém, como a contabilidade estratégica gera mais retorno aos clientes, que conseguem ter essa percepção, o ticket médio pode ser ainda maior do que o aumento considerado apenas pelo maior volume de serviços prestados.

O valor agregado e o potencial de retorno permitem que os preços sejam maiores do que os revelados na simples conta de precificação que envolve mão de obra, tecnologia, margem de lucro e outros fatores.

2. Aumento na retenção de clientes

Nada melhor para fidelizar clientes do que gerar resultados para eles e fazê-los perceber que o dinheiro que suas empresas investem gera retorno. Como a contabilidade aplicada à estratégia empresarial propicia isso, é mais difícil que clientes sejam perdidos ou procurem outros escritórios para atendê-los. Aliás, somando fidelização e ticket médio mais alto, temos o melhor resultado da retenção.

Por consequência, o escritório pode ainda ter em seus próprios parceiros fidelizados uma fonte de aquisição de novos contratantes pelas indicações deles, o que é muito comum que clientes satisfeitos façam.

3. Aumento da fatia de mercado em potencial

Quanto mais a equipe se envolve com clientes de variados setores, lidando com questões internas, até mesmo além da contabilidade e das finanças, e com fatores externos, mais as pessoas aprendem acerca de mercados e práticas diferentes. Com o tempo, esse trabalho agrega um know-how abrangente ao escritório, que o ajuda no trabalho diário e também na aquisição de clientes.

Há cada vez mais contadores que investem em nichos e também empresas que procuram ser atendidas por escritórios focados em seus nichos. Logo, quanto mais setores são profundamente conhecidos pela equipe, maior é a fatia de mercado que ela pode adquirir para atender com qualidade a nichos variados.

4. Equipe crescentemente mais preparada

Boas equipes são fundamentais para que escritórios contábeis consigam atender com qualidade e competir em meio a um mercado tão acirrado como é o contábil.

Em relação a isso, a aplicação diária da contabilidade estratégica aos clientes e ao próprio escritório, junto à qualificação oferecida aos profissionais contábeis, deixa a equipe cada vez melhor, com mais conhecimentos, habilidades e preparo em geral para o trabalho.

5. Mais destaque para o escritório no mercado contábil

Oferecer melhorias internas, resultados e crescimento é mais atraente do que apenas manutenção de burocracia e guia de impostos a pagar. Normalmente, quem procura apenas por isso são microempreendedores individuais ou donos de empresas muito pequenas e individuais, sem muitas possibilidades de investir, que visualizam mais preço do que volume de serviços oferecidos e seus valores estratégicos.

Para as demais, que formam um mercado grande e se dispõem a investir mais em troca de resultados e melhorias significativas, agir estrategicamente chama mais atenção.

6. Mais segurança para o escritório atuar

Como você sabe, desde 2003, com o novo Código Civil, os contadores podem ser responsabilizados judicialmente no âmbito civil por fraudes que envolvam a contabilidade das empresas. Porém, é preciso observar que nem sempre uma fraude, ou simplesmente um erro, envolvendo as finanças e a contabilidade de um negócio passam pela responsabilidade dos profissionais contábeis.

Uma atuação mais abrangente e próxima do cliente pode ser eficaz para evitar que isso ocorra, seja por equívoco, seja por má fé da gestão empresarial. Esse convívio facilita ao profissional contábil prever que algo de errado será feito por alguma ação de um gestor, ou identificar algo em desacordo com processos contábeis a partir de um dado financeiro suspeito.

Buscando os melhores resultados e maior retorno sobre investimento, as empresas começaram a apostar nas habilidades estratégicas dos contadores. E esse movimento é algo crescente, que, futuramente, chegará em empresas, gestores e sócios que ainda não entenderam a importância estratégica da contabilidade.

Pelo lado dos profissionais da área, eles aproveitaram suas capacidades e habilidades naturais, com preparação mais abrangente e específica, para ganharem mercado, terem mais fontes de receita e se diferenciarem dentro de um mercado altamente competitivo.

Portanto, seu escritório não pode deixar essa tendência de lado. Ele precisa ser preparado para atender os clientes aliando a atuação padrão ao apoio gerencial e estratégico. Por fim, obtendo sucesso, beneficiará os clientes e o próprio escritório, gerando um ecossistema de crescimento.

Agora, não deixe de continuar se informando sobre tendências que acompanham a contabilidade estratégica e outros assuntos importantes para o sucesso do seu negócio na área contábil. Assine a nossa newsletter para receber os conteúdos do blog diretamente em seu e-mail!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Posts mais recentes

Deixe um comentário

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência no uso do site. Ao utilizar nosso site você reconhece que está de acordo com a nossa Política de privacidade.