5 boas práticas para liderar uma equipe com sucesso!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Liderar equipe é uma tarefa crucial para que qualquer empresa obtenha sucesso em seus negócios. Conduzir os funcionários, de modo que eles sintam-se motivados, integrados e amparados, aumenta a motivação do grupo e gera grandes benefícios para a produtividade e para a execução do trabalho.

Nesse sentido, o papel de um bom líder é gerenciar o capital humano para que ele se desenvolva e permaneça alinhado com as metas finais. Assim, o trabalho pode ser executado a partir de um objetivo, que é entendido e colocado em prática por todos os colaboradores.

Entendeu a importância de uma boa liderança para o sucesso de uma gestão? Quer aprender mais sobre como essa função pode ser bem executada? É sobre isso que trataremos neste artigo, continue conosco!

Quais são os desafios de liderar uma equipe?

Coordenar e motivar a equipe é, por si só, um grande desafio — tendo em vista que, gerenciar e desenvolver as habilidades pessoais de cada um do time, é uma tarefa que exige um líder que seja motivador e bastante dedicado.

Para conseguir driblar essas questões e superar as dificuldades, é preciso conhecer os possíveis problemas para solucioná-los com eficiência — pois, só assim, é possível desenvolver uma boa gerência. A seguir, conheça os principais desafios que são enfrentados pelo gestor!

Fornecimento de feedbacks

Sem dúvida, o primeiro problema que atrapalha grande parte dos gestores é não saber fornecer um feedback adequado. O retorno, a orientação e o acompanhamento são fundamentais para manter os colaboradores motivados e dedicados. Ao errar nessa tarefa, a equipe pode perder o engajamento e deixar cair o nível de produtividade.

Gerenciamento de conflitos

Conflitos de personalidade e divergência de pensamentos acontecem com frequência entre os funcionários de uma organização. Tal atrito, no entanto, dificulta o bom trabalho em equipe e interfere diretamente nos resultados apresentados — já que os colaboradores gastam muita energia neles.

Porém, gerir corretamente essas situações para sanar o problema e manter um bom clima na empresa ainda é uma dificuldade.

Estabelecimento de metas

As metas são responsáveis por todo o delineamento das atividades, uma vez que as ações dos colaboradores serão direcionadas por elas, certo?

Assim, criar um plano bem estruturado, que possa ser atingido, mas que desafie a equipe se torna uma tarefa que deve ser planejada e executada com muito cuidado e de forma bastante estratégica — e isso ainda é um grande desafio para a maioria dos gestores.

Pensando em tais obstáculos, fica a dúvida: como é possível desenvolver uma liderança que supere essas dificuldades e direcione os colaboradores para o rumo pretendido? É o que veremos no próximo tópico!

O que é preciso fazer para garantir uma liderança de sucesso?

O papel de um bom gestor é garantir que o desempenho da equipe esteja alinhado e seja coerente com os objetivos da empresa. Para isso, é preciso garantir o desenvolvimento contínuo e a resolução de problemas pontuais.

Por essas razões, um bom líder utiliza-se de diversos métodos para conseguir executar as tarefas com precisão. Pensando nisso, conheça, a seguir, algumas práticas para garantir uma gestão de sucesso!

1. Desenvolver as competências do time

Para que a equipe possa evoluir constantemente em suas tarefas, é preciso que as habilidades de cada um sejam reconhecidas, lapidadas e aproveitadas. Conhecer o que os colaboradores têm a oferecer, utilizar essas competências em ações estratégicas e fornecer treinamentos para aprimorá-las pode melhorar o desempenho dos funcionários.

Outro ponto essencial é corrigir os aspectos que não estão satisfatórios. Isso pode ser feito a partir da realização de reuniões de feedbacks e da criação de planos de ação para que os colaboradores adquiram novas habilidades. Assim, as dificuldades que atrapalham a produção são resolvidas, impactando positivamente no resultado final.

2. Dar feedbacks constantes

Independentemente de serem positivos ou negativos, os feedbacks são extremamente importantes para garantir que a equipe esteja atuando em prol dos objetivos em comum.

Nesse sentido, avaliar o andamento das tarefas e comunicar aos colaboradores os pontos que precisam ser melhorados (ou mantidos) são ações imprescindíveis para solucionar as falhas e garantir um bom resultado.

Desse modo, os executores das tarefas estarão sempre nivelados com as expectativas da empresa, tendo ciência o que precisa ser feito. Sentir-se em sintonia com a organização modifica o comportamento do funcionário, que passa a dedicar-se com mais empenho às funções.

3. Delegar tarefas adequadamente

Delegar tarefas é uma questão fundamental para a manutenção de uma boa liderança. A divisão dos afazeres é o condutor das ações de toda a equipe, sendo responsável pelo atingimento (ou não) das metas estabelecidas.

No entanto, medir corretamente o limite da sua gerência faz-se importante. Isso pois, caso haja muita autonomia, o colaborador pode sentir-se sem respaldo ou não produzir o necessário. Mas, caso haja muito controle, o funcionário não desenvolverá autonomia nem aplicará todo o seu potencial para cumprir com as tarefas.

Também é papel de um bom líder, portanto, dosar até que ponto os funcionários necessitam de controle para conduzir as atividades, e definir a partir de qual momento eles têm a liberdade para encontrar os próprios meios para a resolução.

4. Promover um canal de comunicação aberto

Embora, muitas vezes, a liderança não dê o devido valor para a opinião dos funcionários, realizar tal tarefa é crucial para que sua voz seja ouvida. Quando o time sente que a sua opinião sobre o processo não importa, tende a perceber a liderança como opressora e ela perde a legitimidade.

Por isso, tenha em mente que a equipe é parte do processo — e, quando a liderança deixa isso claro, os colaboradores sentem-se reconhecidos, assumem que seu papel é válido e dedicam-se mais para a empresa.

Com essa simples atitude, a gerência é vista de outra maneira. Afinal, fica estabelecido que o líder está considerando todos os pontos e todos os envolvidos para tomar suas decisões — e isso impacta diretamente na produtividade do grupo.

5. Motivar o time

Não é nenhum segredo que a motivação é o motor que mantém os colaboradores dedicados. Nesse sentido, é fato que a produtividade é diretamente afetada, quando não há um motivo maior que cative o funcionário na realização de suas tarefas.

Diversas situações podem afetar esse senso e diminuí-lo. Podemos citar alguns deles, veja:

  • não se identificar com os objetivos da empresa;
  • não ser reconhecido pelas suas realizações;
  • não ter direcionamento para executar as atividades etc.

Aí é que entra o trabalho de um bom líder. Acompanhar sua equipe, identificar aqueles que parecem desmotivados e corrigir o motivo são ações intrínsecas da função. Além disso, faz-se necessário garantir que a missão, a visão e os valores da empresa sejam compartilhados por todos.

Como você pôde ver, liderar equipe é um trabalho árduo, mas completamente recompensador. Apesar dos desafios e das barreiras que a gestão de pessoas apresenta, quando o gerenciamento é feito de modo adequado, as metas do negócio podem ser alcançadas e apresentarem um resultado bastante positivo!

Gostou de saber quais aspectos são importantes para liderar equipe e obter sucesso? Compartilhe essas informações relevantes nas suas redes sociais e garanta que seus amigos conheçam essas práticas para ter uma boa gestão!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Posts mais recentes

Deixe um comentário

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar a sua experiência no uso do site. Ao utilizar nosso site você reconhece que está de acordo com a nossa Política de privacidade.